Para crianças qual a importância da amizade?

Lúdico na Educação Infantil: Entenda a importância

Para crianças qual a importância da amizade?, Você sabia que fortes amizades proporcionam mais benefícios à saúde do que parar de fumar, perder peso ou praticar exercícios físicos?

Se para os adultos funciona dessa forma, imagine logo, o quanto a amizade infantil não beneficia o desenvolvimentos dos pequenos e pode facilitar em diversos aspectos da personalidade.

Quer saber porquê a amizade infantil beneficia as crianças?

Portanto vem com a Todolivro que nós vamos te recontar!

Para crianças qual a importância da amizade?

As amizades fazem secção da nossa vida – e que bom! Relatar com pessoas que a gente gosta desde cedo é muito importante para o nosso desenvolvimento social e emocional.

É a partir das amizades infantis que as crianças passam a conviver com pensamentos diferentes dos que elas já conhecem e, assim, começam a entender que o mundo vai além da bolha familiar que vivem desde pequenos.

A partir das amizades é verosímil compartilhar sentimentos e testar emoções que elas ainda não conheciam antes.

Crédito, diversão, troca de ideias, suporte, carinho, coleguismo, empatia e muito mais pode ser aprendido com os amigos.

O que as crianças podem aprender com a amizade infantil?

De pacto com a autora do livro Growing Friendships: A Kids’ Guide to Making and Keep Friends (Cultivando amizades: um guia das crianças para fazer e manter amigos), Eileen Kennedy-Moore, as crianças estão prontas para fazer amizades aos 4 anos de idade.

Neste período, elas entendem que outras pessoas podem ter pensamentos e interesses  e  sentir de forma distinta a delas.

Confira o que elas aprendem com a amizade!

– Desenvolvimento

As crianças estão o tempo todo em desenvolvimento e as emoções trazidas por uma amizade ajudam exatamente neste propósito.

A partir delas, as crianças passam a desenvolver melhor as suas habilidades sociais e a ouvir o que o outro tem a manifestar.

E é logo que aprendem também a se autoconhecer, pois elas precisam resolver situações que são diferentes daquelas encontradas no contextura familiar, por exemplo, e isso é muito positivo.

São pequenos aprendizados que vão fortalecendo a petiz e a preparando para a vida adulta.

– Reforça a autoestima

Quem diria que a amizade infantil pode ajudar na autoestima, não é mesmo? Mas sim, isso realmente acontece!

A partir do momento que ela se identifica com outras pessoas, a petiz se sente mais incluída, mais optimista e mais segura.

Os amigos te incentivam e te desafiam! É simples que na amizade infantil, é aí que surgem algumas traquinagens, mas isso também é secção do desenvolvimento.

Juntos, o grupo de amigos supera os desafios e aprende com erros, o que contribui e reforça a autoestima de cada um.

– Tino de comunidade

Segundo o léxico, um dos significados de comunidade é:

“População que vive em determinado lugar ou região, ligada por interesses comuns”

ou ainda:

“Qualquer conjunto de indivíduos ligados por interesses comuns (culturais, econômicos, políticos, religiosos etc.) que se associam com frequência ou vivem em conjunto.”

Na amizade, o interesse diz reverência não aos bens materiais, mas aos sentimentos e o interesse de fazer aquela relação perseverar.

Por mais que haja desentendimentos, há um interesse reciprocamente em continuar presente, em se beneficiar da relação do outro.

A petiz consegue enxergar que outras pessoas se preocupam e torcem por ela e, da mesma forma, nascente sentimento se desenvolve dentro dela também.

Leia também: Valores na Instrução Infantil: Descubra quais ensinar e de que forma

– Aprender a mourejar com conflitos

Todas as relações passam por dificuldades, e com as crianças não é dissemelhante. Ainda mais que todas elas estão aprendendo umas com as outras e se desenvolvendo juntas.

E os conflitos são uma secção importante desse desenvolvimento. Quando eles acontecem, as crianças precisam aprender a resolvê-los para seguir em frente.

E não é logo que funciona a vida adulta também? Os conflitos fazem secção da vida no trabalho, no escola, na família e quando aprendemos desde cedo a mourejar com eles entendemos também porquê mourejar com a frustração.

Porquê influenciar as crianças a fazerem amizade?

Geralmente, as crianças são seres muito sociáveis e abertas a amizades.

Não é difícil vê-las interagindo facilmente umas com as outras em um parquinho de diversões, por exemplo.

Para que essas relações se desenrolem naturalmente, procure levar o seu fruto a espaços nos quais ele possa interagir com outras crianças, porquê aulas extracurriculares, parquinhos do bairro, etc.

Outra forma de incentivá-los, é apresentando músicas de amizade, filmes de amizade, livros de amizade, entre outros materiais.

Exemplos de livros com amizade infantil

livros Amizade Infantil

– Meu Livro de Amigos

Leste livro é uma ótima forma de incentivar a amizade infantil duradoura.

A obra permite registrar as memórias com os amigos, grafar recados e imortalizar os melhores momentos vividos na puerícia com os amigos.

A prática de registrar recadinhos e recordações das amizades em um caderno era muito generalidade antigamente, mas com tanta tecnologia acabou se perdendo.

– Livraria de Literatura: A Melhor Amiga Sobre Rodas

Além de ensinar sobre amizade infantil, A Melhor Amiga Sobre Rodas é um livro sobre paixão, empatia, diferenças e felicidade.

Nele, uma jovem pequena vive uma amizade com sua melhor amiga e ajuda a distanciar muitos conceitos errôneos sobre a vida em uma cadeira de rodas.

As duas vivem juntas momentos de muita felicidade!

– Descobrindo Valores: Amizade

Os dois tiveram um momento feliz juntos!
– Descubra o valor: amizade
Nesta produção, Sarah e Sam vivem a vida de sua amizade enquanto vivem o dia a dia, ajudando a aprender mais sobre comunidade, respeito pelos outros, vida social e valorização de nós mesmos!
Ler sobre amizade pode ajudar as crianças a aprender mais sobre o comportamento com os amigos. Então essa é uma ótima técnica de leitura para os pequenos.

Desfecho

As amizades têm um papel importantíssimo ao longo da vida, e de forma ainda mais privativo na puerícia!

Elas ajudam no desenvolvimento dos pequenos, que estão começando a aprender sobre o mundo, as diferenças, o reverência, a crédito e muitos outros sentimentos e vivências.

Cabe aos pais incentivar as boas amizades e a socialização para que cada vez mais os pequenos desenvolvam habilidades sociais que serão usadas por toda a vida.

Seus filhos têm facilidade em fazer amizades? Porquê você incentiva a socialização e as amizades por aí?

Leia também: Livros Clássicos Infantis: 9 Histórias que as crianças precisam saber

 

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário