Esportes de combate: o que são e 10 exemplos

Esportes de combate: o que são e 10 exemplos. Os esportes de combate são esportes os que envolvem técnicas e estratégias de luta entre dois combatentes. Além disso. Cada esporte de combate possui regras específicas e golpes pré-definidos. Esses esportes podem ser praticados porquê uma forma de resguardo pessoal ou uma forma de arte, as chamadas artes marciais.

Exemplos de esportes de combate: boxe, jiu-jítsu, judô, taekwondo, wrestling, kung fu, esgrima, kickboxing, luta livre esportiva, caratê.

Dentre eles, boxe, judô, taekwondo, wrestling, esgrima e caratê são esportes de combate olímpicos. Além disso;

1. Boxe

O boxe é uma luta em que um desportista tem que tentar concertar o outro com um soco preciso e, ao mesmo tempo, evitar ser atingido. O objetivo é nocautear o rival com socos.

Para nocautear, o desportista precisa derrubar o rival, que tem que permanecer, pelo menos, dez segundos inconsciente. Se conseguir fazer isso, a luta termina. Entretanto;

Os atletas, chamados de pugilistas, usam luvas para proteger as mãos e lutam num ringue. A luta de boxe é dividida em rounds, que são períodos com tempo determinado. Nos jogos olímpicos, as lutas têm três rounds com três minutos cada um. Além disso;

O boxe teve origem 4000 ou 3000 a.C. no Egito e se tornou um esporte olímpico em 1908.

2. Jiu-jítsu

O jiu-jítsu é uma luta em que o desportista tenta dominar o rival através de técnicas de torção ou estrangulamento. Além disso;

A luta acontece num tatame e os atletas usam quimono e uma fita na cintura. As faixas podem ser de oito cores diferentes, de contrato com a habilidade e a jerarquia dos atletas que tenham a partir dos 16 anos. Esta é a ordem do menos para o mais experiente: branca, azul, roxa, marrom, preta, vermelha e preta, vermelha e branca, vermelha. Além disso;

O jiu-jítsu teve origem três milénio anos antes de Cristo, provavelmente na Índia, onde era praticado por monges budistas, mas foi aperfeiçoado no Japão. Portanto;

A termo jiu-jítsu significa literalmente “arte suave”. A sua prática oferece uma importante prelecção de vida, pois requer humildade.

3. Judô

O judô é um esporte em que o objetivo do desportista é derrubar o rival e imobilizá-lo com as costas no solo para vencer a luta.

As lutas duram cinco minutos e são feitas num tatame. Os atletas usam quimono e uma fita na cintura. As faixas podem ser de 9 cores diferentes, que simbolizam o ciclo de aprendizagem dos atletas, iniciando com a branca e terminando com a preta, nesta ordem: branca, cinza, azul, amarela, laranja, virente, roxa, marrom e preta.

O judô foi criado pelo rabino Jigoro Kano. O rabino Kano estudou um estilo de luta chamado Takenouchi-ryu, que foi fundado em 1532 e, a partir desse estudo, selecionou técnicas que deram origem ao judô.Além disso.  Em 1882 o rabino fundou o Instituto Kodokan para ensinar o novo estilo que havia criado.

Em 1972, o judô entrou oficialmente nos jogos olímpicos.

4. Taekwondo

Dois atletas faixas preta lutando Taekwondo em competição
Jogos Asiáticos no Ganghwa Dolmens Gym, em 30 de setembro de 2014, em Incheon, Coreia do Sul
Manadeira: Shutterstock – Foto Colaborador BUGNUT23

O taekwondo é uma luta de origem coreana que tem porquê objetivo somar pontos através de chutes e socos precisos no rival. Além disso;

A luta é feita num tatame e os atletas usam uma roupa branca chamada dobok, que é conhecida popularmente porquê o quimono do taekwondo. Uma das principais diferenças entre ambos é a preâmbulo da roupa, que no dobok abre nos lados e não na frente. Entre;

Além do dobok, os atletas usam alguns acessórios, porquê elmo, protetor de tórax e protetor de boca. Além disso;

No taekwondo, os atletas usam faixas de cores diferentes, que podem variar de contrato com o país. . Além disso. No Brasil, as dez cores são usadas na seguinte ordem, do desportista menos para o mais hábil: branca, cinza, amarela, laranja, virente, verde-escuro, azul, azul-escuro, vermelha, vermelha escura e preta. Além disso;

O taekwondo teve origem há mais de 2000 na Coreia e se tornou um esporte olímpico em 1988.

5. Wrestling

Dois atletas num combate de Wrestling
9º Campeonato Mundial Universitário de Wrestling, em 29 de outubro de 2010, em Turim, Itália
Manadeira: Shutterstock – Foto Colaborador Diego Barbieri

O wrestling é uma luta que tem porquê objetivo proteger e brigar. Além disso. A luta termina quando um dos atletas consegue forçar o rival a reclinar as costas no solo. Esse movimento é chamado de touche.

Oriente esporte tem diferentes estilos. O wrestling olímpico foi se dividir em três: greco-romano, livre e feminino. Portanto;

Além disso. No estilo greco-romano não é permitido usar as pernas para proteger ou brigar, mas no estilo livre e no feminino é permitido.

Os atletas usam uma roupa que parece um maiô e os protetores de cabeça e de ouvido são opcionais. Entretanto;

É provável que o wrestling seja o esporte mais vetusto do mundo, depois do atletismo. Está nas olimpíadas desde 1896.

6. Kung fu

O kung fu é uma luta de origem chinesa que envolve técnicas de socos, chutes e torções, com mãos livre ou usando armas (haste, punhal, lança). Ele tem várias modalidades, dentre as quais o sanda e o shuaijiao.

Sanda se faz em numa plataforma em forma de quadrângulo que mede 8 x 8 metros e é chamada de leitai. . Além disso. A luta é em três rounds com a duração de dois minutos cada um. Vence quem lucrar dois rounds ou conseguir expelir o seu rival.

Shuaijiao é feito numa estádio crcular com 9 metros de diâmetro. . Além disso. A luta é em dois rounds com a duração de três minutos cada um. Vence quem tiver mais pontos ou conseguir expelir o seu rival.

A prática do kung fu é bastante antiga. Imagina-se que a sua origem remonte há 3000 a.C.

7. Esgrima

Dois atletas num combate de esgrima
Manadeira: Shutterstock – Foto Colaborador Fotokostic

A esgrima é um esporte que os atletas usam uma arma branca – que pode ser punhal, florete ou sabre – com o objetivo de tocar o rival.

Nos combates, os atletas tentam brigar e proteger, mas sem qualquer contato corporal, ao contrário dos outros esportes de combate. Além disso. Os atletas usam roupa brancae os seguintes acessórios: colete protetor, luvas e máscara de metal.

Os combates tem de fazer em uma pista que mede 14 metros de comprimento e com largura entre 1,5 a 2 metros. São três rounds com a duração de três minutos cada um.

A esgrima teve origem na Pré-História e se tornou um esporte olímpico em 1896.

8. Kickboxing

O kickboxing é uma luta que combina técnicas de boxe e artes marciais, incluindo chutes, socos, joelhadas e cotoveladas. O objetivo é nocautear o rival usando chutes e socos.

Os atletas, chamados de kickboxers, usam protetor de cabeça, proteção bucal e luvas e lutam num ringue. A luta de boxe é em rounds, que são períodos de tempo. Entretanto;

O kickboxing surgiu nos Estados Unidos, na dez de 70, porquê uma versão do Caratê, par se chamar de Karatê Full Contact (Karatê de Contato Totalidade, em português).

9. Luta livre esportiva

A luta livre esportiva brasileira nasceu no Rio de Janeiro. Nela, o desportista tenta dominar o rival através e imobilizá-lo no solo, através de técnicas de chaves nas articulações ou estrangulamento.

Além disso. O esporte mistura uma série de técnicas do wrestling, judô e jiu-jítsu.

10. Caratê

O Caratê é um esporte de que se divide em kihon, kata e kumitê.

  • kihon, que são as técnicas básicas.
  • kata, sequência de técnicas que simulam uma luta.
  • kumitê, que são as lutas.

Os atletas usam quimono e uma fita na cintura. Entretanto. As faixas podem ser de 8 cores diferentes, que representam a graduação dos atletas, iniciando com a branca e terminando com a preta, nesta ordem: branca, amarela, vermelha, laranja, virente, roxa, marrom e preta. Portanto;

O Caratê teve origem em Okinawa, atualmente no Japão, mas que antes pertencia à China. Foi no Japão que evoluiu e entrou oficialmente nos jogos olímpicos de 2020.

A termo karate significa “mãos vazias”. O objetivo desta arte marcial é apurar o caráter, através da disciplina do corpo e da mente.

Por fim. Leia também:

Source link

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário